Divulgação de livros: o que o escritor pode fazer para atrair a atenção da imprensa?

Escritor dando entrevista sobre o lançamento de um livro

Depois de investir tempo e dinheiro na publicação de uma obra, os autores costumam ter problemas com outro aspecto essencial do marketing para escritores: a divulgação de livros.

Este dilema é muito comum, pois boa parte dos escritores não separa verba para a divulgação de livros e não tem um plano sólido para atrair mais leitores.

Conquistar a atenção da imprensa é um dos caminhos para que o escritor ganhe visibilidade e se torne mais conhecido, mas esta é uma tarefa que demanda preparação e empenho.

As possibilidades de espaços que o escritor pode ocupar na mídia são praticamente infinitas: fonte para reportagens, entrevistas em texto, áudio e vídeo, participação em bate-papos, convidado para programas especiais…

Escritora na mídia ganhando destaque na imprensa

Só que para ganhar destaque midiático, o autor precisa trabalhar a própria imagem e estruturar uma boa rede de networking.

Veja os pontos essenciais para que o escritor conquiste a atenção da imprensa:

  • Ter uma presença digital engajadora e empolgante
  • Usar o marketing pessoal para atrair oportunidades
  • Criar uma rede de networking com contatos diversificados
  • Acompanhar as mudanças e tendências do mercado do livro
  • Participar de eventos, workshops e cursos de capacitação

Abaixo, vou detalhar cada um destes pontos e mostrar como um escritor pode se tornar o novo queridinho da imprensa para turbinar a missão da divulgação de livros. Confira!

Divulgação de livros: como atrair a atenção da imprensa

Tenha uma presença digital engajadora e empolgante

As redes sociais como Instagram, Facebook e LinkedIn são plataformas ideais para os autores que desejam criar uma audiência engajada e atrair a atenção da imprensa.

A saga Cinquenta Tons de Cinza, por exemplo, se tornou um fenômeno midiático só depois de ter despertado a atenção de leitoras que encontravam o livro a partir das redes sociais.

É importante frisar que não basta ter um perfil ativo nessas redes, o escritor precisa gerar conteúdo relevante para a audiência e fortalecer o relacionamento com o público.

Presença digital dos escritores nas redes sociais

A regra de ouro para o marketing de escritores nas redes sociais é a seguinte: não esconda o seu livro!

Pense comigo: quando o leitor está na livraria, ele consegue abrir o seu livro, ler a orelha e quem sabe até espiar as primeiras páginas, certo?

Então, você não deve ter medo de publicar trechos e prévias da sua obra! Afinal, o leitor precisa ter acesso a este material para se identificar com o que você escreve.

Lembre-se: na internet, não basta divulgar apenas a capa do seu livro!

Use o marketing pessoal para atrair oportunidades

O marketing pessoal é a ferramenta que faz os escritores ganharem dinheiro, transforma o autor em um imã de editoras, abre caminho para convites para eventos e palestras e conquista o carinho da mídia.

Você escritor, precisa trabalhar o seu marketing pessoal para criar oportunidades de evoluir a sua carreira e também atrair a atenção dos veículos de comunicação.

Quer saber de um erro muito comum que os escritores cometem e que derruba o marketing pessoal? Ter um usuário com um nome aleatório ou cheio de caracteres nas redes sociais.

Escritor palestrando sobre seu livro

Como o escritor pode esperar que os leitores e até mesmo jornalistas o conheçam, se nem o nome dele é fácil de encontrar na internet?

Outra boa estratégia para atrair a empatia da imprensa é contar a sua história como pessoa, mostrando quem você é como indivíduo e revelando a sua origem.

Este contexto é importante para gerar identificação com o público e para que os jornais, revistas e demais veículos saibam como podem explorar a sua história.

Crie uma rede de networking com contatos diversificados

Uma prática indispensável para que o escritor conquiste a atenção da imprensa é ter contato com profissionais que atuam na área de comunicação.

Você, por exemplo, conhece os jornais e rádios locais da sua cidade? Você tem acesso aos e-mails ou telefones dos jornalistas que trabalham nestes veículos?

O escritor precisa trabalhar o seu relacionamento com a imprensa. Esse contato pode ser feito de maneira autônoma ou pode contratar um serviço de assessoria para a divulgação de livros para isso.

Networking entre escritores

É importante ainda que o autor faça networking dentro da própria comunidade literária, participando de saraus, lives e leituras coletivas.

Manter relacionamento com blogs literários e perfis de Instagram de leitores também contribui com a exposição midiática, pois eles movimentam o mercado fazendo reviews e divulgando obras.

Acompanhe as mudanças e tendências do mercado do livro

Um escritor que não se atualiza não consegue se conectar com novas audiências e provavelmente vai cair no esquecimento.

Pra ganhar destaque na mídia, o autor precisa estar a par das novidades e acompanhar as mudanças do mercado.

A pandemia foi um divisor de águas entre os escritores que já usavam a internet para divulgar o que escreviam e aqueles que não tinham nem um perfil no Facebook.

Escritora fazendo live nas redes sociais

Outra oportunidade para ter o apoio da imprensa na divulgação de livros é escrever sobre temas que estejam em alta e sejam atuais, já que os jornais se pautam muito pela factualidade.

Alguns nichos que ganharam destaque neste momento de pandemia, por exemplo, são autoconhecimento, saúde, espiritualidade e autoajuda.

Claro que o mais importante é que você escreva sobre temas que tenha afinidade e não crie nada apenas porque é uma tendência, ok?

Participe de eventos, workshops e cursos de capacitação

Ainda na linha de se manterem sempre atualizados, é indispensável que os escritores estejam atentos aos eventos de capacitação que movimentam o mercado de livros.

Produzir um conteúdo de qualidade é a chave gerar uma primeira impressão positiva em editoras, agentes literários e nos profissionais da imprensa que vão falar sobre o seu livro.

Escritora fazendo curso online de capacitação

Eu costumo dizer que um livro nacional ruim é lido, acabamos reforçando a ideia de que a literatura estrangeira é melhor.

Autor, você deve ter um compromisso inabalável com a qualidade e eu me incluo neste pacto!

Eu acredito que nós, agentes ativos do mercado do livro, precisamos manter o prestígio da literatura brasileira sempre elevado e você?